Levantamento de dados mostra benefícios de cirurgia minimamente invasiva na coluna vertebral
20 de dezembro de 2022
Bicos de papagaio ou osteofitos: o que você precisa saber
18 de janeiro de 2023

Sinônimo de elegância, salto alto está presente no dia a dia de muitas pessoas, mas pode causar alguns problemas, principalmente, na coluna, como conta especialista

Apesar de mudanças nos estilos de se vestir que acontecem de tempos em tempos, o salto alto continua presente no dia a dia de muitas pessoas, principalmente em ambientes de formalidade. No trabalho e em festas — ou mesmo por costume — a peça se mantém indispensável para complementar o visual, mas também pode ter o efeito danoso para a coluna vertebral, além de causar dores.

Existem debates médicos e científicos a respeito do seu uso, especialmente devido a problemas como dor cervical, lombar e nos joelhos associados ao salto alto. 

Esse tipo de sapato provoca uma mudança no centro de gravidade do corpo humano. As mulheres se adaptam a ela de formas diferentes: algumas tendem a realizar esses ajustes através das extremidades inferiores e outras utilizam a curvatura cervical para essa adaptação, como deixar os ombros para trás e a cabeça para frente.

Além das dores, a alteração na pisada e o encurtamento dos músculos da panturrilha são sintomas comuns dos pacientes que fazem o uso excessivo do salto alto. 

No decorrer do dia, exercícios para a panturrilha, além de alongamento, relaxamento e fortalecimento nas regiões com dores são bons aliados no alívio dos sintomas dolorosos causados pelo salto alto.

Sapatos baixos também causam problemas para saúde

Calçados sem salto também não trazem um apoio para os calcanhares e podem causar dores na coluna lombar, tendinite e fascite plantar. Tanto o salto alto quanto as sandálias e rasteirinhas aumentam a possibilidade do surgimento de entorses nos tornozelos.

Por isso, para maior conforto, o uso de modelos plataforma e meia pata podem promover maior estabilidade.

Publicação:

https://vivasaudedigital.com.br/saude/salto-alto-causa-dores-e-problemas-na-coluna-especialista-explica.phtml
Por Redação
Por Redação
Dr. Marcelo Amato - CRM: 116.579 Médico e Neurocirurgião pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP); Doutor em Neurocirurgia (Clínica Cirúrgica) pela Universidade de São Paulo (FMRP-USP), orientado pelo Prof. Dr. Benedicto Oscar Colli; Especialista em Neurocirurgia pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) e pela Associação Médica Brasileira (AMB); Especialista em Cirurgia de Coluna pela Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) e Associação Médica Brasileira (AMB); Linha de Pesquisa em Cirurgia Endoscópica da Coluna desde 2013 pela FMRP-USP com diversos artigos e livros publicados nacional e internacionalmente; elaboração de aulas e cursos nacionais e internacionais sobre Endoscopia de Coluna, e realização de consultorias em todo território nacional; Neurocirurgião referência do Hospital de Força Aérea de São Paulo (HFASP); Diretor do Amato - Hospital Dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao usar este site, você concorda com nossos Politica de Privacidade.
Leia mais